PÁSCOA: CELEBRAÇÃO DA VIDA

02/04/2013 09:07

“Ele não está aqui, mas ressuscitou” ( Lc 24.6ª).

 

Hoje é domingo de Páscoa! Tempo de celebrar a vitória de Cristo sobre a morte, que nos faz viver a constante expectativa da sua volta e de sua companhia eterna. Diante de uma sociedade que vive constantemente sob a sombra da morte, o domingo de Páscoa nos traz o renovar da esperança, motivados pelas eternas promessas de Deus.

 

A manhã deste domingo é uma rica oportunidade para se pensar no quanto somos pessimistas em relação à vida e o quanto conversamos sobre assuntos de morte. Mesmo afirmando não gostar ou não aceitar, precisamos reconhecer que em certos momentos falamos mais de morte, que da vida. Somos melancólicos e nos deixamos influenciar depressivamente por esse clima sombrio.

 

Ao ressuscitar, Jesus nos ensinou que mesmo sofrendo a dor do luto, precisamos agradecer. Aliás, psicologicamente, luto deve ter começo, meio e fim; espiritualmente, luto é uma oportunidade de repensar a vida e analisá-la a partir da experiência do túmulo vazio. Ali havia tristeza, medo e insegurança, porém, após a certeza da ressurreição, o túmulo vazio tornou-se símbolo de vitória deixando para trás lembranças amargas, simbolizadas pela prisão, pela coroa de espinho, pelos açoites sofridos e pelo peso da cruz.

Entre todas as festas da cristandade, a Páscoa será sempre a maior. Nela não há lugar para lágrimas de morte, mas sim festa da vida, representada na pessoa de Cristo Jesus. Sua ressurreição nos traz a alegria de viver.  Não há mais lugar para o cheiro da morte, mas sim para o aroma da vida.

Celebremos a Páscoa com alegria e profunda gratidão. Que esta Páscoa seja uma rica oportunidade para o ressurgir dos laços da vida, diante das crises enfrentadas. Deixemos Cristo ressuscitar em nós a certeza da vida eterna.

 

UMA FELIZ PÁSCOA A TODOS!

 

Rev. Silas de Oliveira