E DEPOIS DO NATAL?

31/12/2013 08:39
 

 

 

“Ponha a sua vida nas mãos do Senhor, confie nele, e ele o ajudará. Ele fará com que a sua honestidade seja como a luz e com que a justiça de sua causa brilhe como sol do meio dia” (Sl 37.5,6).


 


 


 

A festa tão esperada e desejada passou rapidamente.  Em apenas uma noite, toda a preparação se foi e nos encontramos com o dia seguinte e com ele a constante realidade da vida.  A vida volta ao normal,  não ficando estacionada nos detalhes da festa, nem na beleza dos enfeites e muito menos no valor dos presentes.

O Natal passou e uma incômoda pergunta vem à nossa mente: quais as mudanças que aconteceram em nossa vida, após a noite santa de natal. Talvez, antes de respondê-la, necessitamos confrontar a ideia de noite santa com a própria santidade da vida. Se a noite de Natal não foi recebida como uma noite especial, aonde o aniversariante se fez presente, além de não ter sido santa, nada mudou em nosso viver.


 

As mudanças acontecem a partir do nosso interior, contagiando pessoas a quem declaramos amor, respeito e consideração.  São as transformações do nosso ser que denunciam a beleza do verdadeiro nascimento de Cristo em nossas vidas. Essas transformações são demonstradas pelo nosso jeito de falar, de declarar amor, de compreender o próximo e proclamar a paz. Aliás, diante de uma sociedade tão injusta, que esmaga e transforma homens e mulheres criados por Deus em escórias do mundo, somos desafiados à proclamação de uma mensagem que transforme e purifique  corações e mentes contaminados pelo cheiro do pecado.


 

Depois do Natal? Creio que seja tempo de agradecer pela oportunidade de juntos celebrarmos a grande festa da cristandade. Oportunidade de perdão que produz alegria e reconstrói vidas longes da graça de Deus. Infelizmente, o que vemos em muitas pessoas, inclusive em muitos cristãos, é uma atitude de apatia e profundo cansaço. A noite de natal foi tão cansativa que não há tempo para corações  agradecidos, pois se vive a expectativa da chegada do ano novo, para que venha mais uma festa.


 

Depois do Natal Deus deve estar sempre em primeiro lugar. Ele nos presenteou com o nascimento do seu Filho. Nasceu entre nós, oferecendo-nos a oportunidade de ver a vida sob a ótica da humildade e do perdão.  Habitou entre nós renovando nossa esperança e oferecendo-nos a alegria eterna da salvação. Que depois do Natal, você sempre possa lembrar que o aniversariante Jesus, continua desejoso de nascer em seu coração.


 

 


 

Rev. Silas de Oliveira