CULTO DAS PRIMÍCIAS

21/11/2012 08:09

Nos últimos dois anos temos enfatizado a importância de se realizar um Culto de Gratidão a Deus, através da Festa das Primícias.  Esta festa fazia parte de um conjunto de comemorações  realizadas por Israel. Tinha como principal objetivo oferecer à nação a oportunidade de agradecer a Deus pelas inúmeras bênçãos recebidas ao longo de todo o ano. A forma de gratidão era algo espontâneo. Cada um trazia ao altar de Deus aquilo que seu coração determinava. Havia, tão somente, apenas duas exigências determinadas pelo próprio Deus. Deveriam ser:

  1. OS PRIMEIROS FRUTOS DA TERRA –  De tudo o que fosse produzido, os primeiros frutos deveriam ser ofertados ao Senhor. Ao iniciar a colheita,  separavam-se os primeiros feixes,  e estes eram entregues ao sacerdote para consagração ao Senhor de toda a terra. De toda a produção os primeiros resultados já eram separados e destinados ao serviço divino.

      2)  O MELHOR DE TODOS – Uma segunda exigência referia-se à qualidade dos produtos ofertados. Israel deveria estar atento à ordem divina, não permitindo que nada,  de segunda categoria,  fosse ofertada no altar de

Deus.  Deveria ser o primeiro, mas  também ser o melhor – o mais bonito, o mais perfeito, de qualidade incomparável.

No próximo domingo realizaremos o terceiro  Culto das Primícias de forma consecutiva. Nada deve nos impedir de agradecer. A gratidão é um instrumento de felicidade, e isto podemos fazer através das nossas ofertas.  Porém, podemos perguntar: Quais ofertas ou que tipo de ofertas? O Culto das Primícias é uma rica oportunidade de demonstração de amor à Casa de Deus. Independente dos valores, aquilo que decido doar à Casa de Deus, o faço porque amo a Sua casa e principalmente o Deus da Casa. Isso pode ser feito através de espécies diversas, coisas que sentimos no coração e desejamos que a Igreja seja beneficiada. Pequenas e grandes coisas que darão um colorido novo ao santo lugar de adoração.

Deus deseja receber você e sua família em mais um Culto das Primícias. Assuma compromisso e venha adorar. Entregue, com alegria, a sua oferta de gratidão. Pense em algo que será útil a Igreja e participe com o coração agradecido. Tão somente não se esqueça de trazer os primeiros frutos e o melhor daquilo que Deus tem dado a você e a seu lar durante a sua vida.

 

No amor de Cristo,

 

Rev. Silas de Oliveira