50 ANOS DE ORGANIZAÇÃO ECLESIÁSTICA

08/04/2013 10:02

Organização eclesiástica é o termo utilizado pela Constituição da  IPI do Brasil para designar o momento em que um trabalho presbiteriano independente passa da condição de Congregação para a condição de Igreja organizada. Esta organização se completa, com estatuto aprovado, além de Conselho e Ministério de Ação Social e Diaconia devidamente eleitos, ordenados e investidos em seus respectivos cargos.

Foi isto que aconteceu com a nossa Igreja em 07 de abril de 1963. Após um período de Congregação, sob a liderança da 1ª IPI de Campinas, o Presbitério do Oeste, responsável pela administração regional, decidiu pela sua organização.  Por isso esta data é muito importante. Muitas congregações podem existir a partir do início de muitos trabalhos. Iniciar uma Congregação não significa organizar uma Igreja, pois muitas congregações nunca se tornaram Igrejas e outras, infelizmente, desapareceram. A partir desse momento passamos, não a ser uma Igreja autônoma, sem necessidades de prestar contas a ninguém, mas sim a ter uma vida própria, assumindo a condição de independência da Igreja Mãe.

Olhando para  a história, lendo e ouvindo relatos de irmãos que cresceram juntos com a Igreja, torna-se impossível não se emocionar. Quando olhamos para tudo o que temos, só nos resta agradecer. Deus usou homens e mulheres ao longo de tantas décadas, para dizer ao seu povo e à sociedade limeirense, que milagres continuam a acontecer, mesmo sob a palidez de fé reinante no coração de muitos.

Pensemos com profundidade em tudo o que temos. Estamos localizados no centro da cidade, no coração de Limeira. Temos um templo aonde nos

reunimos com tranquilidade e paz. Somos privilegiados por termos um Edifício de Educação Religiosa, algo que muitas igrejas irmãs desejam e poucas possuem. Contamos com pessoas capacitadas nas mais diversas áreas. Citamos, como por exemplo, apenas três, que se subdividem em tantas outras atividades desenvolvidas pela membresia da 1ª IPI de Limeira: a) Educação – O Colégio RGF, através de suas duas unidades há trinta anos tem sido instrumento de evangelização e bênçãos na vida da nossa querida cidade. Vale a pena ressaltar que o projeto, em seu nascedouro, sempre teve por objetivo abençoar os filhos da Igreja. Assim sendo, Escola Dominical e Colégio se complementam no processo educativo dos nossos filhos; b) Música: é impressionante a quantidade de dons e talentos ofertados por Deus às pessoas de nossa Igreja; Diaconia: mesmo que às vezes achemos que fazemos pouco, a vocação diaconal está presente nas veias do nosso povo.

Tantas foram as conquistas ao longo destas cinco décadas.  Só nos resta agradecer! Olhemos para a nossa história com olhar de gratidão. Nunca permita que o inimigo  sopre em nossos ouvidos a sensação de pessimismo ou desânimo. Temos muitas vidas para evangelizar, famílias para salvar, testemunho  para dar e um templo a terminar.   Vamos juntos celebrar, com  gratidão,  as cinco décadas de organização eclesiástica da nossa Igreja.

 

UM FELIZ MÊS DE ANIVERSÁRIO A TODOS!

 

Rev. Silas de Oliveira