A PÁSCOA NÃO É UM FERIADO QUALQUER! 1 Coríntios 15.55-57

09/04/2012 09:58

Nosso país é mundialmente conhecido como sendo o país dos feriados. Orgulhamos-nos pela quantidade de feriado  e pela possibilidade de descanso e folgas existentes em nosso calendário. Quem, no final de cada ano, não procura dar uma rápida olhada nos doze meses seguintes, para contemplar suas folgas durante o novo ano que se aproxima.

 

Independente da forma como reagimos precisamos reconhecer que muitos sabem que nos dias de feriados, são os dias que mais trabalham devido à profissão que exercem.  Ao cristão, o importante é reconhecer  que não está diante de um feriado qualquer.  A Páscoa tem um profundo significado espiritual,  produzindo um clima diferente no ar,  levando-nos a pensar no valor da vida.

 

A história da Páscoa está ligada aos grandes atos libertadores de Deus na história da humanidade. O Deus que age na história usou homens e mulheres para dar ao seu povo uma vida digna e orientada pelo seu Espírito. Foi assim quando chamou Moisés, tirando o seu povo das garras de Faraó. Logo em seguida, usou Josué para conduzir Israel à Terra Prometida e assim sucessivamente, com tantos outros líderes.

 

Na plenitude dos tempos enviou seu próprio filho, para durante alguns anos viver entre a humanidade, sofrendo na própria pele as angústias de qualquer cidadão. O Deus que se fez carne trouxe através de Cristo uma mensagem de paz, libertação e salvação. A partir do momento em que Cristo caminha entre nós, a humanidade ganhou um novo formato e a páscoa um novo

significado. Enquanto que no passado o cordeiro, sem defeito, era sacrificado, agora o Filho de Deus assume forma humana e  torna-se o próprio sacrifício. Deus envia seu Filho e este tem a morte trágica de cruz – morte destinada aos mais terríveis bandidos e assassinos da época.

 

Em virtude do grande amor de Deus, não ficamos presos à tristeza da sexta-feira da paixão. A alegria maior está no fato de que a morte foi derrotada!  A razão maior em acordarmos de madrugada para tão importante celebração, dá-se pelo fato do túmulo estar vazio, pois Cristo ressuscitou. As lágrimas de tristeza da sexta-feira transformam-se em lágrimas de júbilo, pois na manhã de domingo   temos a certeza da vitória da vida sobre a morte.

 

Diante de tão precioso momento, é impossível dizer que estamos diante de um feriado qualquer. Páscoa tem algo de diferente no ar! O grande diferencial da Páscoa está no fato que celebramos a vida, diante de tantos feriados que só nos trazem estatísticas de morte.  Porque Cristo vive, podemos crer no hoje e no amanhã, sabendo que o nosso futuro está nas mãos D’aquele que nos chamou das trevas para o Reino da Luz.

 

UMA FELIZ PÁSCOA A TODOS!

 

 

Rev. Silas de Oliveira