“FELIZES OS QUE CHORAM, PORQUE SERÃO CONSOLADOS” Mateus 5.4

26/03/2012 10:38

 Você chorou durante esta semana? Quais foram os motivos de suas lágrimas? Em nossa vida, choramos por muitas coisas e às vezes pelas coisas erradas. Quando olhamos para os inúmeros textos bíblicos, somos desafiados ao um  autoexame, buscando razões para muitas lágrimas derramadas ao longo da vida.   Quando assim agimos descobrimos que grande parte das nossas lágrimas tem origem em decisões e atitudes erradas.

 

O texto citado acima faz parte do  Sermão do Monte. Nele Jesus trabalha o conceito de felicidade, a partir do nosso próprio choro. Porém,  Jesus não está falando que,  por qualquer coisa que chorarmos receberemos o consolo divino.  Perdas, situações difíceis, problemas financeiros, físicos, familiares etc, todo o mundo tem.  O que o mundo não tem é a graça restauradora de Cristo. Na opinião de Jesus, felizes os que choram por seus próprios pecados. 

 

É o ato de olhar para dentro de si mesmo.  Examinar pensamentos, sentimentos, desejos de coisas que se falasse a alguém o outro ficaria vermelho de vergonha.  A ideia aqui é: devemos chorar por aquilo que somos. Chorar pelos pecados e desobediência a Deus. Chorar pelas dores causadas a alguém e pela falta de confiança na providência divina. Chorar com coração quebrantado e pelo reconhecimento da necessidade do perdão divino.

Jesus desafiou o seu povo a chorar pelos motivos certos. Se chorarmos pelos motivos certos, Deus nos socorrerá e nossa vida será restaurada. Os caminhos serão aplanados, o coração será curado, o  alívio  será alcançado e a paz retornará às nossas almas. Necessitamos lembrar que não há restauração sem confissão. Confessando ao Senhor as mazelas da nossa vida, o próprio Deus nos ajudará no processo de  restauração.

É tempo de derramar lágrimas diante do Salvador.  Lágrimas de reconhecimento da dependência divina.  Lágrimas de súplica e pedido de socorro, diante da realidade da vida, sabendo que o Deus Espírito Santo é o  nosso Consolador. Lágrimas que restauram -.lágrimas que promovem a vida. Derrame a sua vida diante do Criador, pois a promessa divina nos assegura que Deus mesmo enxugará dos olhos todas as nossas lágrimas ( Apocalipse 21.4 ).

 

Rev. Silas de Oliveira